Experiência que faz a diferença

A qualificação da empresa fundamenta-se no currículo de seus sócios/diretores, todos eles profissionais de engenharia consultiva, há mais de 20 (vinte) anos, com vasta experiência técnica e gerencial em projetos de engenharia sanitária. Tal experiência envolve atividades no setor de abastecimento de água e demais setores de saneamento ambiental, tais como: esgotos sanitários, resíduos sólidos e drenagem urbana.

Conheça nossos diretores e sua experiência: (Clique no nome de cada diretor para visualizar sua exepriência)

MARCO ANTÔNIO SOARES LAGE

Formação Acadêmica:

GRADUAÇÃO: Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Pontifícia Universidade Católica - RJ, (1961/1965) CREA-MG nº 7.849/D
Curso de Normalisation et Controle de Qualité, em Paris diplomado em 1970.

Formação Profissional:

Sua carreira na área de engenharia teve início em 1966 como Chefe da Divisão e Assessor de Planejamento do Diretor Geral do DEMAE de Belo Horizonte. Dessa forma, foi responsável pelos projetos de ampliação dos Sistemas de Esgoto Sanitário e Abastecimento de Água do município de Belo Horizonte, inclusive com detalhamento do Projeto Cardellini. Ainda no DEMAE, participou do Plano Diretor de Esgotamento Sanitário de BH; projetos das ETAs Morro Redondo, Sistemas Ibirité e Pampulha; ETE São José; Projeto dos Interceptores da Pampulha (trecho Mineirão – Barragem), Córrego Leitão, Serra, Zoológico, Acaba Mundo, Mem de Sá, etc.

De 1973 a 1994 trabalhou na Leme Engenharia, participando de diversos trabalhos como diretor, coordenador e gerente de projetos: Projeto Básico de Aproveitamento Múltiplo do Rio das Velhas; Plano Diretor de Abastecimento de Água da RMBH; Reforma da ETA do Plano Piloto de Brasília – DF; Projeto do Sistema de Abastecimento de Água do Rio Manso (14.400 m3/h); Sistema de Abastecimento de Água Serra Azul inclusive ETA (9.720 m3/h); Estudos técnicos e econômicos, Projetos Básico e Executivo para Ampliação e Modernização do Sistema de Abastecimento de Água de Belém–PA inclusive ETA, com capacidade de 23.040 m³/h (sistema completo de produção de água); Gerenciamento das Obras do Sistema Rio Manso; Projeto do Sistema de Abastecimento de Água do Rio Juramento em Montes Claros; Ampliação dos Sistemas de Abastecimento de Água de São Luis, Macapá, Grande Vitória e Goiânia; Projeto Executivo da LT Jaguará-SE Ouro Preto 2 e LT Emborcação – Neves; UHE de Nova Ponte; Estudos e Projetos UHE de Santa Rita; Projeto de diversos Sistemas de Abastecimento de Água e Esgotos Sanitários e, principalmente, Elevatória e Sifão sobre o rio Eufrates no Iraque (Projeto Main Outfall Drain); Gerenciamento de obras de interceptores em Santiago no Chile, entre outros projetos.

No período de 1992 a 2003 foi Vice-Presidente da Associação Mineira de Empresas de Consultoria. Foi também Diretor da Associação Brasileira de Consultores de Engenharia de 1994 a 1997.

Sócio-diretor da Serra Azul Engenharia desde 1994, tem participado de trabalhos consideráveis, tais como Automatização e Reforma da ETA Rio Descoberto; Sistema de Tratamento do Esgoto Sanitário de Ipatinga; Estudo de Concepção Geral do Sistema de Esgoto e Projeto Executivo de Coletores Tronco, Elevatórias e Drenagem de Esgotamento de Armação dos Búzios – RJ; Projetos Básico e Executivo do Sistema de Esgotamento Sanitário de Timóteo e Juiz de Fora; Projeto de Sistema de Esgoto Industrial para as fábricas de automóveis FIAT, Mercedes Benz e Iveco; Projeto dos Sistemas de Abastecimento de Água de Juiz de Fora, Pouso Alegre e Varginha; Projetos Básico e Executivo do Sistema de Abastecimento de Água de Santos Dumont e Cataguases; Estudo de Ampliação das Elevatórias da Mineração Rio do Norte, entre outros.

EUSTÁQUIO CALDEIRA BRANT

Formação Acadêmica:

GRADUAÇÃO: Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG (1969/1973) CREA-MG nº 10.930/D.
EXPERIÊNCIA ACADÊMICA:
Professor das Disciplinas de Hidráulica I, Hidráulica II e Estruturas Hidráulicas do curso de Graduação em Engenharia Civil da Escola de Engenharia da Universidade FUMEC - 1980 a 2004.
Instrutor do Curso de Extensão ministrado para engenheiros da COPASA, Disciplina: Instalações de Recalque - Ano 1997.
Engenheiro Sanitarista pela Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG. (1979).

Formação Profissional:

Sua atividade profissional teve início em 1973 como coordenador dos Projetos de Conservação, Valorização e Desenvolvimento de Ouro Preto e Mariana, envolvendo relatórios técnicos de abastecimento d'água e esgotos sanitários e pluviais. Foi um trabalho desenvolvido pela Fundação João Pinheiro para as respectivas Prefeituras Municipais. Esta atividade foi finalizada em 1994.

Na Leme Engenharia, onde trabalhou de 1974 a 1994, participou de vários projetos importantes, passando pelos cargos de engenheiro, engenheiro fiscal de obra, engenheiro responsável, coordenador e gerente. Participou de inúmeros Projetos Básicos e Executivos na RMBH.

JULIANA MARQUETE CALDEIRA BRANT

Formação Acadêmica:

GRADUAÇÃO: Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG (1995/Jan2000) CREA-MG nº 73.409/D

PÓS-GRADUAÇÃO: Mestrado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. Título da Dissertação: Otimização de Redes de Distribuição de Água de Abastecimento por meio de Algoritmos Genéticos - 2002.

Formação Profissional:

Carreira iniciada na área de engenharia sanitária e hidráulica em 2000 quando ingressou na Serra Azul Engenharia e onde é, atualmente, diretora.

Dentre muitos projetos, participou desde o princípio (ano 2000) do Estudo de Reformulação do Plano Diretor de Abastecimento de Água da Região Metropolitana de Belo Horizonte – MG. Toda a rede tronco da Região Metropolitana de Belo Horizonte foi estudada, modelada e simulada em software específico de rede de distribuição de água (WaterCAD) para as situações atual da época (ano 2000) e futuras (anos 2010 e 2020). Todos os estudos envolveram estimativas de custo para nortear os investimentos previstos pela COPASA.

Participou do projeto executivo da Subadutora Anel Oeste DN 1200 mm (8 km) do Sistema Paraopeba (2003). Esta subadutora localiza-se em Contagem, na Zona de Abastecimento ZA-10.

Fez parte também da equipe hidráulica do projeto de abastecimento de água da Região Noroeste da República Dominicana (início em 2003), envolvendo captação, adução, estação elevatória e reservatório. Foi um projeto completo que envolveu uma vazão considerável de 10.800 m³/h. A rede de distribuição de água foi realizada para 14 localidades, com projetos de redes primária e secundária, reservatórios, estações elevatórias, além de apoio à obra.

De 2006 até 2009 participou do projeto de ampliação do Sistema Rio das Velhas que englobou estudos e projetos desde a captação, adução, tratamento, reservação e recalque. Além do envolvimento na área hidráulica, trabalhou ativamente na programação do projeto, controle e tramitação de documentação, mais a área administrativa de medições e faturamento.

De outubro de 2008 a março de 2009 participou do projeto da Linha Azul, que possibilitou a transferência de vazões entre os sistemas produtores Rio das Velhas e Paraopeba da RMBH (Projeto Leme para COPASA). O projeto envolveu entre outras unidades uma adutora DN 1200 mm com extensão aproximada de 22 km.

De 2009 até agora é coordenadora dos projetos básico e executivo de ampliação e melhorias de diversos Sistemas de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário da RMBH (COPASA)